quarta-feira, 20 de junho de 2018

Nova Linha de Pastas do Pitada Natural


Fonte: Patricia Paes
Equipe Pitada Natural



Elas chegaram! 

Nossa nova linha de pastas ao estilo Pitada Natural que você já conhece: 100% natural, sem conservantes, corantes ou aditivos! São 6 pastas cremosas e muito saborosas, sendo 4 opções doces e 2 salgadas!
COCADA: a verdadeira cocada, 100% coco, sem adição de açúcar ou adoçantes. Docinha, cremosa e deliciosa. Experimente combinar essa delicia com maracujá ou frutas mais ácidas, fica incrível!

TAILANDESA: Uma pasta de amendoim salgadinha com o nosso shoyu japonês! Super prática para dar um delicioso toque oriental em suas receitas ou colocar em sanduíches e torradas!

CREME DE CAFÉ: Deliciosa pasta de amendoim integral com um blend dos melhores grãos 100% arábica da Fazenda Brasil, em Guapé/MG. Ótima opção para começar o dia com disposição e alegria. Faça shakes, coloque sobre bananas ou panquecas e até mesmo coma de colher! Bão demais!

COCO QUEIMADO: Feita com coco e nada mais! Naturalmente doce e irresistível! Fãs de coco irão ao delírio com essa delícia! Coloque sobre um pedacinho de bolo simples, tapioca ou maçã fica ma-ra-vi-lho-so!

MACADÂMIA: Deliciosa, cremosa e levemente salgadinha. Macadâmia torrada e grãoszinhos de Sal Marinho de Mossoró-RN. Experimente comer com pães, fazer um molhinho com limão e azeite para colocar na salada ou use como molho em um macarrão refrescante, fica surpreendentemente gostoso!

CARAMELO: nosso caramelo de amêndoas e coco, naturalmente doce, sem adição de açúcar ou adoçantes! Experimente essa fantástica combinação em frutas, panquecas, sorvetes ou até mesmo de colher! Irresistível!!

Na dúvida? Temos também a opção de comprar todas com desconto, confira na seção Combos! Pitada Natural

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Urbano Alimentos lança sua linha de Espaguete Sem Glúten




Olha que boa notícia para os que não podem comer glúten ou aqueles que querem diminuir o seu consumo na alimentação diária. 

Eu pessoalmente adoro o macarrão da Urbano, mas como boa italiana, sentia falta do espaguete, do talharim e uma vez cheguei a perguntar no SAC deles porque não fabricavam. Pois eles prontamente me responderam ( Sim! O SAC da Urbano funciona!), que faltava adaptação do maquinário, mas eles tinham planos de lançar logo que possível. Pois bem chegou o dia, hummmmm! Agora só falta a linha orgânica heim pessoal! Aqui tem uma receitinha feita com o macarrão pene da Urbano, bem rapidinha e saudável. Com o espaguete vai ficar melhor ainda. Obrigada Léia pela delicadeza em nos avisar.
...........................................

Está chegando aos supermercados de todo o Brasil o Macarrão de Arroz Espaguete da Urbano Alimentos. Há dez anos no segmento sem glúten com o Macarrão de Arroz Urbano Penne, Fusilli e Padre Nosso, a marca aumenta sua família de massas à base de arroz.

O Espaguete tradicional da Urbano Alimentos chega ao mercado mantendo as propriedades que conquistaram os consumidores de massas a base de arroz da marca: sem glúten, leve e saboroso.

O lançamento é uma resposta à excelente aceitação do consumidor brasileiro ao Macarrão de Arroz da Urbano Alimentos, e ao crescimento do consumo de alimentos saudáveis – o Brasil é o 5º maior mercado, segundo o instituto Euromonitor International, que estima que o mercado deve crescer 20% até 2020.
O Espaguete Sem Glúten da Urbano Alimentos

O principal diferencial do macarrão produzido pela Urbano Alimentos é que, por ser derivado do arroz, ele não contém glúten, tornando-se um produto indicado para pessoas celíacas, que adotam dieta com restrição ao glúten, ou ainda por todos aqueles que dão preferência a alimentos saborosos, nutritivos e saudáveis.

Com a mesma textura, consistência e sabor do macarrão tradicional, característica fundamental para agradar aos paladares mais exigentes, o Espaguete da Urbano Alimentos oferece ao organismo energia gradual que, em quantidades ideais, evita o aumento do peso, além de ser menos calórico do que o macarrão tradicional.
Novos produtos, Integral e Talharim

Também faz parte do projeto de extensão de linha os cortes Talharim e Espaguete Integral.

O Talharim trará os mesmos benefícios do Espaguete Urbano, permitindo ao consumidor novas opções de receitas.

O Espaguete Integral da Urbano Alimentos além de ser muito saboroso, oferecerá outros benefícios à saúde dos consumidores, entre eles:

- fornece 4,24g de fibras a cada 100g de macarrão – 21% da recomendação de consumo diário realizada pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC);

- contém em sua composição amido resistente, que por resistir à digestão favorece o crescimento de bactérias benéficas que auxiliam na melhora da imunidade e do metabolismo e também propicia ação anticâncer;

- é rica em vitaminas do complexo B que contribuem para manter a saúde dos ossos, cérebro, coração, intestino, fígado e do sistema imunológico;

- contém magnésio, manganês e fósforo;

- os compostos ativos como o g-orizanol e fenólicos presentes na massa de arroz possuem ação anti-inflamatória e antioxidante, protegendo contra o ataque dos radicais livres que danificam as células e prejudicam as funções dos órgãos;

- é indicada para celíacos, já que o arroz é um grão livre de glúten;

- e indicada como opção pré-treino já que é uma excelente fonte de energia e nutrientes que podem contribuir para o melhor desempenho.
Nova Embalagem

Os lançamentos do Espaguete, Talharim e Espaguete Integral da Urbano Alimentos também marcam a estreia do novo design das embalagens que chega ao supermercado para encantar o consumidor com todas as novidades da marca.

As novas embalagens foram desenvolvidas em parceria com a Agência Nohelmet, de Florianópolis/SC. A nova proposta tem como objetivo facilitar a tomada de decisão do consumidor, por isso a linha trás uma janela frontal mais ampla, cores que destacam cada categoria de produto e abaixo da logomarca está identificado a qual linha cada produto pertence: Seleção Especial, Premium e Zero Glúten.

Os novos produtos chegam aos supermercados em embalagens de 500g. O Espaguete Arroz da Urbano Alimentos chegará às gôndolas com preço médio de R$ 2,69.
Sobre a Urbano Alimentos

Fundada em 1960, a Urbano Alimentos é uma das mais importantes empresas de alimentos do Brasil, consolidando-se entre as três maiores beneficiadoras de Arroz, Feijão e Macarrão de Arroz. Com sede em Jaraguá do Sul/SC, possui filiais nas cidades de São Gabriel/RS, Meleiro/SC, Sinop/MT, Pouso Redondo/SC, Cabo de Santo Agostinho/PE, Guarulhos/SP, Ponta Grossa/PR, Várzea Grande/MT, Gaspar/SC e Joinville/SC. A empresa ainda possui cinco centros de distribuição.

São mais de 120 mil m² de área construída e empregando mais de 1.200 colaboradores diretos. Com tecnologia de última geração, suas unidades podem produzir mais de 50 mil toneladas de alimentos por mês e armazenar mais de 320 mil toneladas de arroz em casca e feijão.

Entre os produtos disponibilizados pela Urbano Alimentos estão: Arroz, Feijão, Farinha de Arroz e Macarrão que chegam às mesas dos brasileiros com as marcas Urbano, Máximo, Koblenz e Vila Nova.


Urbano Alimentos
www.urbano.com.br
#urbanoalimentos
0800-47-5051

Informações para imprensa:
ComunicArte Assessoria de Comunicação
Léia Santana – leiasantana@comunicarte.inf.br
(11) 3872-0886 / 9.8687-8160

quinta-feira, 8 de março de 2018

Uma viagem ao Mundo dos Salgadinhos, parte I

Comer saudável é preciso, mas tem coisas gostosinhas que fazem parte da nossa história, que são difíceis de dizer não.

Como dizer não a uma coxinha bem recheada e temperada? Uma torta perfumada e fumegante saindo do forno? Pão de queijo, Lasanha, macarronada, bolinho de arroz, bife à milanesa, pizza.... Ai que fome!

Será fome mesmo? Eu acho que na maioria das vezes é saudade! Saudade de quem fazia essas gostosuras “pra” gente, da surpresa, do tempo de criança, da juventude, de ser cuidado, afinal comida sempre andou de braços dados com o carinho.

Mas hoje já sabemos que essas gostosuras podem fazer um mal danado e não é porque eu comi isso a vida inteira que posso facilitar, até porque os ingredientes há alguns anos não tinham tantos aditivos, transgenias, antibióticos, misturas e agrotóxicos como hoje.

Mas.... sempre tem um mas, que tal fazer tudo isso de um jeitinho diferente, mudando ingredientes maléficos por outros do bem?

Pois é, a culinária é uma arte e como toda arte, generosa. Muda daqui, muda dali e de repente PLOFT uma receita novinha em folha. E aquele salgadinho proibido, pode sim ser convidado mais vezes para nossa mesa.




Comecemos pela coxinha!
Esta coxinha é feita sem farinha de trigo e sem leite, então também serve aos celíacos e intolerantes à lactose. Vamos ver o passo a passo?

Pensando neles também tem uma lasanha, feita do jeitinho que as cozinheiras antigas faziam.

Naquela época a farinha de trigo era cara e se usava muito nas massas a batata, a mandioquinha, o cará e o inhame. As farinhas eram as de polvilho, mandioca, araruta, etc. E como todo mundo sabe, a mesma massa da lasanha, faz canelone. 


Nesta lasanha usamos o inhame, por suas propriedades nutritivas fantásticas, mas poderia ser qualquer outro tubérculo.

Será que fica bom?



Agora que tal um cafezinho com pão de queijo?



Aposto que você pensou “hum... é difícil e demorado. Não é não, é um pão de queijo que você come rapidinho, feito pipoca.

O melhor é que ele rende de montão e você já deixa prontinho no freezer, quando dá aquela vontade VUPT para o forno.

Na parte II a gente vai falar de outras delícias como macarronada, bolinho de arroz, bife à milanesa, pizza. Tem mais alguma sugestão, comente aqui embaixo “pra” mim.

Abraços.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Expedição da terra ao prato / Azeite brasileiro




Que tal conhecer uma das fazendas produtoras de um dos melhores azeites do oliva que temos no Brasil, uma das poucas que faz todas as etapas da produção no mesmo local? Melhor que isso, que tal visitá-la logo após a colheita, quando o azeite estará mais fresco, junto com uma azeitóloga, e ainda aproveitar um almoço no campo com ingredientes do local e da estação? Ah, e ficar hospedado em um das melhores pousadas da Serra da Mantiqueira? Essa é a Expedição Da Terra ao Prato: Azeite Brasileiro!

Faremos uma viagem gastronômica à Fazenda do Oliq em plena Serra da Mantiqueira (São Bento do Sapucaí). Tudo isso em companhia de Laura Reinas — azeitóloga e curadora do Azeite Seu Dia e hospedado na deslumbrante Pousada Do Quilombo.

Não perca essa oportunidade única!

Quando? 09 a 11 de março
Onde? Fazenda da Oliq • Serra da Mantiqueira
Inscrições e informações? eventos@saopaulosaudavel.com.br


terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Ano novo, vida nova, dieta nova? AH isso me dá um cansaço!!!


Gente... o ano é novo, porque foi assim que determinaram no nosso calendário, mas não é novo para muitos outros povos, como os judeus, os chineses por exemplo.

É legal essa parada?

Sim, você pode aproveitar para colocar seus pensamentos em ordem, agradecer o que recebeu, desapegar das coisas e pessoas que já não fazem parte da sua vida, caso contrário o Universo não teria tirado de você, não é mesmo?

Mas atrelar isso a obrigação de realizar mudanças drásticas, fazer relações e relações de planos e promessas, é como começar o ano com dívidas que dificilmente serão pagas.

Mudar é preciso? Sempre. Mas já aprendi que nenhuma mudança acontece de um dia para o outro. Uma construção sólida é feita tijolo por tijolo, passo a passo.

Quer mudar sua alimentação?

· Comece colocando mais frutas e verduras no seu dia a dia.

· Diminua pouco a pouco o açúcar. Não adianta tirar de uma vez, seu paladar está acostumado ao sabor doce, diminua a cada semana um pouquinho e logo começará a achar que aquilo que você gostava muito, agora é doce demais.

· Massas e pão são mesmo uma delícia, mas o glúten em excesso faz inchar, o macarrão pode ser de arroz, o pão de fermentação natural, e que tal trocar algumas vezes na semana o pão do café da manhã por banana com aveia, mandioca, batata doce ou inhame cozidos? Lembrando que “pão só de manhã”, é um mantra excelente!

· Em vez de suco, coma a fruta, aproveite suas fibras e seus nutrientes.

· Desconfie, mas desconfie muito, de produtos industrializados que prometem vitaminas A,B,C, D ou até mesmo o abecedário inteiro. Ou aqueles pães que vem com 3867 grãos (rs) e que duram 15 dias ou mais nas prateleiras dos supermercados.

· Não permita a presença em sua casa de empresas que amam sua família, mas lotam seus produtos de corantes, aromatizantes, e muitos outros antes. Especialmente aquelas que usam atores, cantores, artistas que podem ser bonitinhos e competentes nas suas profissões, mas não entendem “lhufas” de alimentação.

· Inicie a terapia do prazer, escolha um dia da semana, coloque uma roupa confortável e visite uma feira orgânica. Delicie-se com as cores, os aromas, os sabores e principalmente os saberes desses agricultores que sabem dividir ensinamentos fantásticos.

· “Menos embalagens, mais cascas” é outro mantra que vale muito a pena. Além de fazer bem à sua Saúde, você estará ajudando o Meio Ambiente.

Pois bem, não sei se vocês perceberam, mas as mudanças em sua alimentação também podem ser utilizadas nos outros setores da sua vida, pois elas se resumem em: qualidade, respeito, moderação e verdade. Parece simples não?

Feliz 2018!
Por Nadia Cozzi

Visite meus Blogs

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

O que é que a banana tem? O que é que a banana tem?



Generosa como o quê a banana é uma fruta que permite muitas variações. Pode comer crua, assada, frita, cozida. Tem de vários tipos: nanica, prata, ouro, figo e tem até banana passa, nutritiva e energética.

Quando dá aquela "vontadinha" de doce a banana cumpre seu papel como ninguém, vira sorvete, panqueca, bolinho e se for levar de lanche ela até já vem embalada, percebeu?

Aqui mesmo no Blog BioCulinária tem várias delícias feitas com banana. Vamos lá colocar a mão na massa? Ops  ... melhor dizendo, na banana?





Banana vira sorvete

Vira sim e precisa nadica de nada de açúcar, pois para sorvete se usa a banana bem madurinha, quase estragando, justamente quando ela está mais docinha.










A banana vira torta, nessa delícia sem glúten e lactose: 













Banana no bolo, hum que delícia!









E na vitamina, agora nestes dias de calor refresca e alimenta



Mas, precisamos cuidar do planeta ou as bananas pode sumir, leia este artigo:


sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Podemos perder o direito de usar termos como parmesão, prosseco e outros

Fonte: Food News
7 de dezembro de 2017
Ivan Formigoni



Você sabia que os produtores podem perder o direito de suar termos como parmesão, gorgonzola, prosseco entre outros?

O Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) prorrogou até o dia 22 o prazo para

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Embutidos, tudo farinha do mesmo saco.

Por Nadia Cozzi 24/11/17

Imagens: Pixabay

Companhia perfeita de várias delícias como pão, pizza, lasanha e porque não aquele aperitivo do fim de semana com os amigos? Mas, e sempre tem um mas, o que eles representam quando o assunto é

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Falando abobrinhas

Na verdade falando de abobrinhas, esse excelente antioxidante que promove saúde a todas as células do nosso corpo. Suas fibras ajudam o funcionamento dos intestinos, tem poucas calorias e dá saciedade.Prefira as orgânicas para não ingerir agrotóxicos e ajudar o Meio Ambiente. 

Ah mas já ouço a galerinha dizendo

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Pão da amizade


Pão da amizade – Receita saborosa que promove a amizade!
por Nadia Cozzi


O CIO DA TERRA
(Milton Nascimento / Chico Buarque)


“Debulhar o trigo
Recolher cada bago do trigo
Forjar no trigo o milagre do pão e se fartar de pão.”

O milagre do pão! A simples mistura de farinha, água e sal, tornou-se um alimento conhecido no Mundo inteiro. A forma de fazer varia de cultura em cultura, mas simboliza sempre a nutrição da Vida.

Tem pão francês, italiano, português, árabe, sírio, sueco, ázimo, sovado, de minuto, de mel, de queijo, doce e assim vai, são infinitas as variedades, já que sua massa elástica aceita as mais diversas formas e combinações. Fica bom com especiarias, grãos, frutas secas ou cristalizadas. Vira símbolo de Páscoa e no Natal vem vestido de festa, trazendo a alegria e a doçura dos Panetones.

Me deu então muita vontade de criar uma receita para o Pão da Amizade, que pudesse ser salgado ou doce, agradando os paladares de todos, mas que sua forma simbolizasse União, Fraternidade. Lembrei então de uma receita antiga de minha mãe que tinha um nome engraçado – Beliscão.

Eram várias bolinhas de massa que ao serem levadas ao forno, cresciam e se uniam num único pão. Assim dando uma torcidinha (o beliscão) as pessoas tiravam a sua bolinha, normalmente recheada de goiabada. Era isso! Mão na massa, aí estava a receita que eu precisava, apenas uma pequena dose de criatividade e muito amor e surgiu então o Pão da Amizade.

Precisava ter certeza se o resultado seria bom, se minha intenção de unir as pessoas funcionaria. Aproveitei para servi-lo em um evento onde pessoas desconhecidas entre si deveriam interagir. Foi um sucesso, o Evento aconteceu em clima de harmonia e do pão só ficou o prato. Agora vou dividir com vocês a receita e espero que cada um forme seu grupo de amigos separáveis, mas unidos em Vida como os meus pãezinhos.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...