quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

O pãozinho nosso de cada dia!





Como surgiu o pão?
Suas manhãs sempre começam bem quando tem um pão quentinho esperando por você em cima da mesa, não é? Mas como é a história do pãozinho nosso de cada dia?

Os primeiros pães surgiram há cerca de 12 mil anos, lá na Pérsia. Ao longo dos tempos, o homem percebeu que se misturasse grãos moídos com água, e deixasse entre duas placas de pedras quentes, o calor e a umidade fariam com que a mistura se transformasse naquilo que hoje conhecemos como pão! Está certo que, naquela época, ele era seco e duro, mas já era bastante nutritivo!
As coisas só foram melhorar nas mãos dos egípcios. Durante o novo Império (que foi de 1567 a 1085 antes de Cristo), eles colocaram a mão na massa, enquanto as mulheres botaram o pé!
"Como assim?" Onde já se viu pé na massa? É que os cereais eram moídos aos poucos ( e não todos de uma vez, como se fazia antes). E a farinha era amassada com os pés pelas mulheres!
Os egípcios fizeram muito mais: colocaram o sal no pão pela primeira vez, e criaram o processo de fermentação, deixando o pão mais fofinho e gostoso!
Mas a história do pão não acaba por aí, não! Quer saber mais um pouquinho?

O pão cada vez melhor!
Como naquela época ainda não existia dinheiro, a economia girava em torno das trocas. Certo dia, os egípcios resolveram trocar pão com os gregos, e não deu outra: eles ficaram maravilhados com aquele alimento!
Aliás, foram os gregos que colocaram leite no pão, inventando o pão-de-leite. Não satisfeitos, colocaram mel também para os dias especiais!
Outro povo que gostou bastante dessa delícia fora os romanos. Como eles adoravam construir coisas novas, criaram também fornos de tijolo e moinhos sofisticados. Esses moinhos eram movidos pela força da água, e produziam a farinha mais fina da época.
Foi durante o Império romano que apareceram as primeiras escolas de padeiro: a profissão surgiu no ano 50 d.C.
Bem mais tarde, no século 19, foi inventado na Inglaterra o forno de ferro. O calor era melhor distribuído, e vários pães podiam ser assados de uma vez. Imagine como seria a fila da padaria se não inventassem esse forno?

Lua recheada!
Às vezes não basta ser pão, tem que ter recheio! E para isso, nada melhor que um belo croissant, hummm! Mas... de onde ele veio?
Em 1869, um povo chamado turcomano estava se preparando para invadir Viena, lá na Áustria. Cavaram túneis subterrâneos para chegar ao centro da cidade.
Bom, todo mundo sabe que padeiro acorda bem cedinho para fazer o pão, né? Quando os padeiros vienenses perceberam algo errado, trataram logo de soar o alarme!
O exército da cidade conseguiu evitar a invasão, e o imperador austríaco pediu aos padeiros um pão saboroso que lembrasse aquele momento inesquecível.
Adivinha o que eles fizeram? O croissant! "Ué, por quê?" Esse delicioso pão tem o formato de uma lua crescente, certo? E o símbolo do uniforme dos turcomanos era uma lua crescente, entendeu?
Fonte: Canal Kids


E que tal um pão quentinho agora e feito por você?
Veja uma receita fácil e que sempre dá certo: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...